As ’10’ Mais

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015.

1ª)

Começou às 04:20 (horário do MS) a mais colorida e esperada estação do ano: A Primavera. Dê uma flor a quem você ama.

2ª)

Fim das ‘surpresinhas’ e ‘pegadinhas’ da ‘cofee-break’ e ‘lama asfáltica’. André Puccinelli conseguiu quebrar o segredo e a graça da investigação que agora virou ‘canja de galinha’.

3ª)

O dólar rompeu a barreira dos 4 reais, e está puxando atrás de si todos os preços. É a mais alta cotação dos últimos 21 anos. Podem aguardar novos preços de gasolina e diesel. O empobrecimento do Brasil será pago à vista e a longo prazo.

4ª)

O Prof. Pedro Chaves dos Santos Filho poderá assumir como senador na vaga de Delcídio do Amaral. É que Aloísio Mercadante está balançando no cargo, especialmente depois que o STF autorizou investigar suas contas de campanha. Se cair, Delcídio é hoje um dos nomes mais cotados para o cargo pelo excelente trabalho que tem feito como Líder do governo no Senado.

5ª)

 O deputado estadual Marquinhos Trad, nome preferido para a Prefeitura de Campo Grande em 2016, já sabe que somente sairá do PMDB se a Justiça Eleitoral autorizar, porque se depender da janela eleitoral da reforma política, irá continuar onde está.

6ª)

Marquinhos tem as seguintes saídas: Pode ir para o Rede, da Marina Silva. Pode ficar onde está e apoiar seu irmão Nelsinho Trad presidente do PTB. Pode esperar que a Justiça Eleitoral o deixe sair do PMDB por perseguição do grupo de Puccinelli.

7ª)

O TSE aprovou a criação do Partido Novo. É o ‘trigésimo-terceiro’ partido existente no Brasil. Outros 40 partidos aguardam na fila da aprovação. Se aprovados o Brasil terá 73 partidos, e assim vamos entrar para o Guiness Book.

8ª)

O ex-presidente José Sarney está ‘vivinho da silva’ e mandando em Brasília pelos bastidores. Emplacou Arnaldo de Melo na FUNASA e isso está dando o que falar.

9ª)

Com as últimas delações premiadas o nome de José Carlos Bumlai poderá aparecer na ‘Lava Jato’. Precavendo-se à isso, ele está morando em Miami-EUA, e não quer – por enquanto – nem saber quem envernizou a barata.

10ª)

Quem trabalhou até a madrugada operando a sessão conjunta Senado/Câmara que terminou por volta de 2;30 desta madrugada, foi o senador Delcídio do Amaral. Ele fez um meio de campo genial possibilitando que o governo desse de goleada nas suas pretensões de manter vetos. Amanhã (quinta-feira) Delcídio estará em meu programa da Rádio DIFUSORA (AM-1240KHz) contando os bastidores dessa operação.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários