AS ’10’ MAIS

Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015.
1ª)
O desembargador Dr. Luiz Carlos Bonassini está sendo investigado pelo Inquérito Civil nº 47/2014, da 43ª Promotoria de Justiça do Consumidor desta Comarca. O Ministério Público Estadual deseja saber quais as razões que ele não paga tarifa de esgoto. Bonassini é o desembargador que concedeu liminar para a volta do prefeito cassado Alcides Bernal à prefeitura de Campo Grande.
2ª)
A política federal começa o dia em estado de muito stress. A Câmara Federal recebeu pedido de ‘impeachment’ da presidente Dilma. A entrega foi feita pelo jurista Miguel Reale Jr., e por uma filha do fundador do PT, Hélio Bicudo.
3ª)
Ponta Porã está em guerra depois do sepultamento de Oscar Goldoni. Agora pela manhã foram encontrados dois ‘presuntos’ com cadeado na boca, na saída para Dourados. Eles estavam amarrados e cada um tomou 4 tiros de 9 milímetros. Um tem tatuagem com o nome de ‘Luíz’ e outro tatuagem com nome de ‘Nicole’.
4ª)
O chamado ‘Primeiro-Ministro’ do prefeito reconduzido pelo TJMS contratou ontem uma confeitaria para atender aos ‘cofee-breaks’ e ‘coquetéis’ que pretendem realizar. O faturamento garantido é de 12 mil mensais. O contrato é de 61 mil reais total. Nada como administrar uma Capital sem problemas.
5ª)
Se Mário Cesar renunciar a presidência da Câmara poderá voltar imediatamente como vereador. Deverá ser esse o caminho. Flávio Cesar deverá convocar novas eleições devendo e ser ele um dos candidatos. João Rocha também está de olho nessa possibilidade.
6ª)
Os vereadores que faziam oposição a Gilmar Olarte viviam dizendo que ele não dava aumento aos professores porque não queria. Agora com Bernal no comando estão dizendo que não há possibilidade de dar aumento aos professores porque a Prefeitura está quebrada. Onde está a verdade?.
7ª)
O empresário Robison Gatti foi eleito ontem presidente do Diretório do PSD de Campo Grande, tendo como vice o vereador Coringa. O médico Renato Figueiredo vai concorrer a uma vaga de vereador em 2016.
8ª)
Amanhã quem oficializa sua entrada no PSB, depois de ter ficado 14 anos no PT, é o médico Ricardo Ayache presidente da CASSEMS. Ayache vai ser candidato a prefeito de Campo Grande.
9ª)
Corumbá comemora segunda-feira 237 anos de emancipação político-administrativa, com o reconhecimento de ‘Cidade melhor administrada deste Estado’. Seu prefeito é o ex-deputado estadual Paulo Duarte, que leva a contabilidade da cidade na ponta do lápis.
10ª)
O Contran pregou mais uma peça no povo brasileiro. Exigiu a troca de extintores. O produto sumiu das lojas e agora o órgão voltou atrás dizendo não ser mais necessária sua compra. Quem comprou ‘dançou’. Quem não comprou saiu no lucro. Como disse no passado o General De Gaulle: “Isto aqui não é um país sério!”.
Segunda eu volto.
Fuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários