AS ’10’ MAIS

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2015.

1ª)

O TJMS errou mesmo em ter tirado o prefeito Gilmar Olarte da prefeitura. O reconhecimento de que houve erro judicial, por ter ignorado os princípios da ‘ampla defesa’ e do ‘contraditório’, poderá anular na próxima terça-feira o julgamento, apear Alcides Bernal da prefeitura, e conduzir para substituí-lo o presidente da Câmara Flávio Cesar.

2ª)

A prisão de João Amorim deixou uma lacuna num famoso ‘joguinho de caxeta’ que rolava na mansão do empresário, no Itanhangá Park, onde o ‘cacife’ não era menos que 30 mil por rodada. Dizem que ele está fazendo falta nesses folguedos noturnos na mansão.

3ª)

Edson Giroto e Wilma Casanova nem esquentaram o banco da prisão e já estão na rua. Eles fazem parte do chamado ‘núcleo duro’ do governo de André Puccinelli, e foram presos por ordem da 29ª Promotoria, denunciados na Operação ‘Lama Asfáltica’. Mas há quem diga que isso é só o começo. Vem mais por aí.

4ª)

Para mostrar que estava solto, André Puccinelli deu ontem uma passadinha ‘sem graça’ pelo programa do Tatá Marques, no SBT, e caiu fora. A imagem do ex-governador está arranhada, mas dizem que no judiciário de nosso Estado, não existe juiz com ‘aquilo roxo’ para decretar sua prisão.

5ª)

Andando na contramão e a 100 por hora para prender traficantes, uma viatura da Polícia Federal perdeu a direção, bateu num carro e numa moto e matou 3 pessoas. Foi horrível.

6ª)

A presidente Dilma Rousseff assinou ontem a digitalização das emissoras de rádios que operam com ‘ondas médias’. Isso significa que muito em breve a Rádio Difusora AM, passará à Difusora-FM.

7ª)

A Câmara de Campo Grande se prepara para uma possível grande modificação. Com Bernal afastado devido à cassação da liminar concedida de forma irregular, Flávio Cesar deverá assumir o cargo.

8ª)

Nossa política está mesmo enrolada. Imaginem que amanhã ‘quinta-feira’ o TSE deverá julgar Thais Helena, Delei Pinheiro e Paulo Pedra por compra de votos.

 9ª)

Carlão Borges, o ex-vereador Alceu Bueno e o vereador Edson Shimabukuro vão depor no GAECO sobre a tentativa de compra de votos com propostas ‘indecentes’ feitas por Alcides Bernal.

10ª)

Dizem que o PMDB armou uma ‘casinha de caboclo’ para o deputado Marquinhos Trad. O partido mandou publicar ontem uma Nota Oficial dizendo que se o deputado sair do partido não será importunado. Essa facilidade pode ser uma armadilha. O deputado poderá perder seu mandato caso algum suplente peça seu lugar em nome do partido. Como dizia minha Tia Laura: Cautela e canja de galinha, não fazem mal a ninguém.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários