AS ’10’ MAIS

Sexta-feira, 06 de Novembro de 2015.

1ª)

Reinaldo Azambuja (PSDB) precisa sentar, conversar e abrir espaço para o senador Delcídio do Amaral, afim de que seu governo adquira trânsito junto à Presidência da República. A falta dessa interface política pode pesar nas suas pretensas realizações administrativas para 2016, diz a classe política.

2ª)

O ITCD virá salgado em 2018, mas até lá o imposto continuará nas mesmas alíquotas atuais. Isso demonstra que os ricos continuarão pagando menos porque gritaram na hora certa sob o comando do Chico Maia. Já o ICMS sobre supérfluos – perfumarias, cigarros e bebidas – vai pagar mais. Esse é o chamado ‘imposto do pobre’ que na verdade é o mais democrático dos impostos da carga tributária.

3ª)

Me disseram que o prefeito reconduzido Alcides Bernal já entra na garagem de subsolo da prefeitura cantando a irritante marchinha carnavalesca que diz “Daqui não saio, daqui ninguém me tira”. Será que ninguém irá tirá-lo mesmo?… É esperar pra conferir.

4ª)

A corrida para a presidência da OAB/MS continua pegando fogo. Hoje entrevistei no meu programa na DIFUSORA o Dr. Luiz Renato Adler que deu um show sobre suas pretensões na presidência da Ordem. Adler encabeça a Chapa-44 e é mais uma, das outras também boas opções.

5ª)

Alcides Bernal preparou uma esparrela para os campo-grandenses que vai deixar saudades. Os terrenos foram reavaliados em 250{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e sobre essa nova avaliação ele tacou ‘por decreto’ mais 10{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de imposto. O IPTU-2016, com ele ou sem ele no comando da prefeitura vai tirar o couro dos campo-grandenses.

6ª)

Depois do ‘mimimi’ sobre tarifa de coletivo a 3,50 aconteceu o que todo mundo já está acostumado. A tarifa poderá ficar em 3,20. Esse aumento significa 10{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} sobre o custo atual e todos ficarão satisfeitos. Esse ‘joguinho’ é velho, mas o truque sempre parece novo para os consumidores.

7ª)

José Carlos Bumlai está atravessando seu ‘inferno astral’. Agora caiu na CPI do BNDES e será investigado sobre empréstimo conseguido para montar sua usina de álcool que está mais  quebrada que arroz de terceira. Bumlai também está sobressaltado com a possibilidade do juiz Sérgio Moro mandá-lo para a cadeia a qualquer instante como denunciado na ‘Lava Jato’.

8ª)

Foi um vexame o premio da FIEMS, especialmente porque o Cerimonial comeu ‘barriga’ ao apresentar o currículo do homenageado Jorginho Franco. Mas isso não foi problema porque em se tratando de coisas feitas pelo Sérgio ‘Semalo’ Longen é sempre assim: na base do chute. Aliás, quem foi homenageado ‘nem sabe porque foi’.

9ª)

Agora se você souber responda: “No dia da cassação de Alcides Bernal na Câmara, quem colocou no bolso do vereador Dr. Jamal Salém, um bilhete escrito à lápis de que ‘ele teria um milhão de motivos?”. O líder de Bernal na época era o vereador Alex do PT. Essa ‘prova’ que foi desprezada na investigação ‘cofee-break’ pode mudar muita coisa imediatamente. Estamos de olho.

10ª)

André Puccinelli resolveu responder à inércia do governo com as obras do Aquário do Pantanal. O ex-governador resolveu ser sarcástico com a atitude de Azambuja e tem confessado à amigos que “Se o governador não concluir o Aquário, ele concluirá em 2019”. Isso significa que André é mesmo candidato em 2018, que não vai abrir mão de ganhar a Prefeitura de Campo Grande, e que aposta que Azambuja fica só 4 anos no governo.

Segunda eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários