AS ’10’ MAIS

Quarta-feira, 07 de Outubro de 2015.

1ª)

Pelo desvio de R$ 13 milhões de reais, 60{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} dos quais do governo federal, Alcides Bernal poderá ser afastado da prefeitura. Ele está esperneando para que isso não aconteça. Chegou acusar o Ministério Público Estadual de ‘golpe’, o que irritou a ‘parte boa’ dessa força que já oficiou a Câmara e o TJMS pedindo para que tomem providências imediatas.

2ª)

Uma alta fonte ligada ao TJMS, disse que a recondução de Bernal à Prefeitura, pode ter sido feita para evitar o escândalo envolvendo o desembargador Dr. Sideni Soncini Pimentel, cujo nome apareceu na denúncia espontânea e fantasiosa de Alcides Bernal à ‘Força-Tarefa’ do GAECO, dizendo que o então vice-prefeito Gilmar Olarte teria sido levado para conversar com o desembargador pelo filho dele, Rodrigo Pimentel.

3ª)

Há quem diga, que a recondução de Bernal foi para evitar escândalo, e serviu para calçar a investigação dando foros de legalidade à história que até agora só tem ‘indícios’. O depoimento feito por Bernal no Gaeco, dia 28 de agosto, legaliza uma história sem pé nem cabeça e criminaliza o TJMS. A acusação está na Página nº 902 do depoimento de Bernal à 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social.

4ª)

Quem está mais apertada que ‘charuto em boca de bêbado’ é a presidente Dilma. Seu destino e o de Michel Temer, está nas mãos do TCU. Pela primeira vez a presidência do órgão encaminhou convites para a Câmara Federal e para o Senado. O ‘impeachment’ está em marcha e dizem que já tem votos de sobra para cassá-la por conta das ‘pedaladas fiscais’.

5ª)

O prefeito Gilmar Olarte antes de deixar o Presídio Militar fez um culto em agradecimento à Deus, num sinal de submissão e alegria. Depois saiu abraçado por amigos e admiradores, e foi recebido com festa em sua residência. Disse que “Deus prepara um banquete para ele na frente de seus inimigos”.

6ª)

A Câmara de Vereadores recebeu um ofício do promotor Alexandre Capiberibe Saldanha, que pede aos vereadores o afastamento do prefeito cassado Alcides Bernal, por conta do desvio de 13 milhões de reais do caso ‘Mega-Serv’. A edilidade não tem mais nada a fazer. A ‘batata-quente’ está nas mãos do Tribunal de Justiça, que reconduziu irregularmente Bernal à prefeitura. Comenta-se que havia medo que ele denunciasse o desembargador Sideni. Agora é o TJMS que deve agir.

7ª)

O padre católico Ernesto Pradebom, de 80 anos, foi a única vítima da queda do avião Sertanejo PT-RAM, que caiu ontem na Fazenda Guanabara, a 150 KMs de Coxim. Ele sofreu traumatismo craniencefálico, tendo uma fulminante parada cardíaca. Natural de Santa Maria, onde exercia suas atividades pastorais, o padre Pradebom estava pescando no Pantanal. O piloto e outro passageiro sofreram apenas escoriações leves.

8ª)

Sem merenda escolar nos Ceinfs o jeito foi começar comprar e mandar miojo para que as merendeiras façam às crianças. Alcides Bernal não liberou até agora a compra de alimentos para a merenda. Pedra insiste dizendo que “Dinheiro tem”.

9ª)

Falando em Pedra, foi ele e não o vereador Eduardo Romero quem fez o projeto ‘autorizativo’ para a compra de 5 mil bicicletas pela Prefeitura, para serem doadas aos alunos da REME. Dizem até que ele anda ‘bicudo’ com o prefeito, porque “dinheiro tem”.

10ª)

E ATENÇÃO: Alexander Oliveira Silva, de 21 anos, motorista da vã branca placa DAJ-2168 de Guarulhos, foi brutalmente assassinado a tiros de pistola 7:65, na frente das crianças. Dois homens de moto efetuaram os disparos. Os tiros atingiram a vítima nas costas e rosto. Um dos atiradores pediu à mulher da vítima para que ela deitasse sobre as crianças. É o segundo homicídio de motorista do transporte escolar em Dourados.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários