AS ’10’ MAIS

Segunda-feira, 20 de junho de 2016.

1ª)

Semana decisiva para a CPI DA VACINA na Câmara Municipal presidida pelo vereador Marcos Alex, do PT. Apuradas irregularidades eles poderão cassar o ‘reconduzido’ pela segunda vez.

2ª)

Chega hoje em Campo Grande o vereador João Rocha, reassumindo a presidência da Casa. Sua ordem é severidade máxima com as irregularidades cometidas pelo ‘reconduzido’, o que significa que teremos sessões ‘calientes’ para os próximos dias.

3ª)

Em Pedro Juan Caballero o clima é de extremada violência. Final de semana com mais três execuções: dois paraguaios e 1 brasileiro subiram ‘antes da hora’. Os pais estão chamando seus filhos que estudam medicina de volta ao Brasil. Ponta Porã e Pedro Juan ficaram desertas no final de semana.

4ª)

O ‘cão’ anda solto e atentando, lá pras bandas da fronteira. No Exército dois soldados estavam limpando armas quando uma delas disparou acidentalmente matando Flávio Martins de Lima, de 20 anos. Atingido no tórax, ele foi levado para atendimento, mas morreu a caminho.

5ª)

E já que o assunto é violência, em Bella Vista (lado paraguaio da fronteira), ‘queimaram’ outro brasileiro que fazia shows naquela região. Não se sabe o motivo. Mas no Paraguai não é ter motivo para ser violento.

6ª)

O apocalipse chegou às ruas de Campo Grande com seus 650 mil buracos. A verba milionária gerada pelas multas de trânsito não está sendo aplicada. Acontece que ‘não tem como pintar nossas esburacadas vias públicas’. Melhor seria a Prefeitura fazer círculos em torno dos buracos para avisar aos motoristas por onde passar com segurança.

7ª)

Quarta-feira quem poderá dançar é o procurador-geral da República  Rodrigo janot. O presidente do senado Renan Calheiro prometeu colocá-lo na ‘roda do sacrifício’ com um “impeachment”. Existem ‘quatro’ outros pedidos iguais contra ele. Um passarinho me contou que “Se Janot for pra ‘roda’ vai ser cassado”. É a luta do ‘quem pode mais, chora menos’. A classe política acha, que está na hora de cortar as ‘asinhas’ do Ministério Público, antes que eles implodam a República.

8ª)

A própria justiça anda com o ‘pé atrás’ com os pedidos descabidos e exagerados do “nosso” Ministério Público. Eles primam pelo exagero. Estão pedindo agora 25 milhões por do relatório sem ‘pé nem cabeça’ sobre a Coffee-Break. O problema é não existem provas contra os acusados. O conteúdo é um ‘isopor’ de verdades. A Justiça está precavida, afinal, já chega o fato de terem embarcado na recondução do reconduzido.

9ª)

Colunista local ‘chegadinho’ a uma Feijoada, desta vez resolveu apelar para as bebidas nacionais. É que na última edição alguém dedou e baixou na festa a temida Polícia Federal, e o que era pra sair nas colunas acabou virando notícia nas páginas policiais.

10ª)

A Uniderp ‘pisou na bola’. Errou a nota dos acadêmicos do curso semipresencial de Serviço Social, reprovando 15 alunos em duas disciplinas. Por conta do erro, eles ficaram sem certificado de conclusão do curso e inabilitados para concursos. Nem precisa dizer a Uniderp vai dançar com muitas ações por ‘danos morais’ e vomitar o que ganhou durante o curso.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui

Comentários

Comentários