AS ’10’ MAIS

Terça-feira, 10 de maio de 2016.

1ª)

O dia na Capital começou com a Polícia Federal correndo atrás dos envolvidos na Operação ‘Lama Asfáltica’. É a segunda-fase da operação. As informações ainda são desencontradas. Dizem que na séde da Superintendência só estão João Amorim e sua “laranja” Elza Cristina.

2ª)

Essa segunda fase foi batizada como ‘Fazendas de Lama’. Os mandados estão sendo cumpridas em Campo Grande, Rio negro, Curitiba, Maringá, Presidente Prudente e na cidade de Tanabi. A PF está correndo atrás de fazendas compradas com desvio de verbas públicas federais. São 28 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de sequestro de bens de investigados.

3ª)

 Trabalham nessa operação: 201 policiais federais, 28 agentes da CGU e 44 da Receita Federal. Quem dançou com seus bens que foram bloqueados é a Tereza Cristina Cortada de Amorim, esposa do João Amorim. Três grandes fazendas  estão no nome dela e uma no nome de seu filho Sérgio Cortada.

4ª)

A Polícia Federal corre atrás de um desfalque de 2 bilhões de reais dados pela quadrilha montada no governo de André Puccinelli. Às 6:30 a PF encostou camburões na porta do edifício do ex-governador. Fizeram busca de documentos no apartamento dele. Não há confirmação se André foi preso, mas há quem diga que ele teria sido levado coercitivamente para a séde da Polícia Federal. A notícia não foi confirmada.

5ª)

Com o Brasil fervendo, eis que em Brasília a coisa também continua pegando fogo. O malando do Valdir Maranhão, do PP, poderá ser expulso do partido. Ele tentou melar o ‘impeachment’, mas acabou descobrindo que chegou tarde demais para impedir a cassação da presidente Dilma, que deverá acontecer amanhã no Senado Federal.

6ª)

Renan Calheiros, presidente do Senado, ganhou moral e pontos com o povo brasileiro. Todos pensavam que ele iria recuar da votação, mas Renan enfrentou os desafios, mandou ler ontem o relatório da CCJ, e vai votar amanhã o ‘impeachment’ da presidente.

7ª)

Para que a votação do ‘impeachment’ não fosse adiada, ontem mesmo foi lida em plenário o relatório da cassação do senador Delcídio do Amaral, que esteve por Brasília tentando se defender. Estava abatido e cabisbaixo. Hoje ele enfrentará o plenário. Há quem afirme que só um milagre poderá salvar-lhe o mandato.

8ª)

As atenções estão voltadas para a Caravana da Saúde, promovida pelo Governo do Estado, mesmo a contra-gosto do prefeito Alcides Bernal. Serão pelo menos 100 mil atendimentos médicos. O povo está feliz e esperançoso. As operações deverão começar dia 14 indo até o dia 29 no Albano Franco, na Av. Mato Grosso.

9ª)

Pegou mal para a PRF o fato de anunciar a prisão de uma integrante que foi presa com 108,4 quilos de crack, na rodovia Baurú/Jaú, e não divulgar o nome da bandida. Esse tipo de protecionismo é péssimo exemplo quando a ordem de ponta a ponta do País é sanear os quadros do serviço público.

10ª)

Caiu a Lista Sêxtupla da OAB/MS. As irregularidades encontradas foram inúmeras. Mansour Karmouche está mais perdido que cego em tiroteio. Começou mal com sua administração frente a entidade. O caso certamente será judicializado e lista nova para preencher a vaga da entidade no TJMS, deverá sair só daqui a 3 ou 4 anos.

amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários