AS ‘10’ MAIS

Quinta-feira, 28 de abril de 2018.

1ª)

O dia começa mal com a trágica morte do jovem Paulo Siufi Filho, numa colisão no Grande Anel desta Capital. Ele dirigia um Citroen C-4, e teria entrado numa curva em alta velocidade, colidindo de frente contra uma carreta, morrendo no local. Ele era filho do médico e vereador Dr. Paulo Siufi.

2ª)

Tatá Marques tinha esperança de entrar na política. Estava cotado para ser vice, se o candidato do PSDB fosse Riedel. Além de não ser candidato, Tatá ainda está enrolado com o TRE por ter divulgado uma pesquisa não registrada. Da política, o apresentador só ganhou ‘dor de cabeça’ e prejuízo financeiro.

3ª)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) riu das colocações de Alcides Bernal, que pediu uma reunião com ele para tratar de assuntos da prefeitura, e saiu de lá dizendo que só aceitava o PSDB como vice na sua chapa. A vaidade do prefeito não tem limites. Ele deixou para trás a impressão de que não é louco, mas vaidoso, dissimulado, antagônico e espertinho.

4ª)

Dona Tereza Name continua enfrentando as madrugadas frias e distribuindo cobertores para os pobres e necessitados. Ela faz isso todos os anos, como uma missão pessoal. Embora a critiquem dizendo que seu gesto é político, a realidade é que seus críticos nada fazem que se possa igualar a essa ação social de carinho, cordialidade, respeito e elevado espírito cristão.

5ª)

O vice da candidata Profa. Rose Modesto (PSDB) ninguém sabe até agora. Ele vem sendo mantido em segredo. O pessoal dela não quer nem ouvir falar no Tatá Marques. Rose está elaborando um plano de metas para sua campanha que promete ser rápida e cirúrgica.

6ª)

O Brasil vai enfrentar turbulências. Brasília e São Paulo estavam com seus acessos fechados hoje pela manhã com protestos do MST contra o ‘impeachment’ da presidente. Essas reações tornam o PT ainda mais antipático, com a tentativa de parar o País em manifestações que visam intimidar a sociedade.

7ª)

Com a nomeação de Anny Cristina, filha de um ex-vereador de Anadindeua-GO, e flagrada nas gravações do Gaeco chantageando Gilmar Olarte e combinando a divisão do butim com uma amiga, a administração de Bernal – que já é péssima- começa agora se desidratar juridicamente. Isso pode ter desdobramentos.

8ª)

Amanhã – dia 29 – o SISEM já marcou o enterro político de Bernal, com direito a ‘caixão e vela preta’ para serem queimados na porta da Prefeitura de Campo Grande. Bernal permanece quieto e reticente com sua proposta desonesta e indecente de 2,71{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} de aumento para professores e servidores.

9ª)

As primeiras informações são de que o dono da Itel Informática montou uma empresa ‘laranja’ para substituí-la nas operações com órgãos públicos. O assunto está borbulhando e pode ser – se confirmado – uma dor de cabeça à mais para o empresário João Roberto Baird, que segundo consta “perde o pelo, mas não perde o costume”.

10ª)

Ontem apesar do frio, o dia foi quente nas movimentações políticas. O deputado estadual Márcio Fernandes (PMDB), que havia anunciado sua candidatura a prefeito e se retirado da competição, voltou atrás e confirmou a candidatura novamente. A deputada federal Tereza Cristina Correia da Costa (PSB), que havia anunciado ser candidata a prefeita de Campo Grande tirou o time de campo alegando problemas de saúde. Dizem que hoje teremos novas definições.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários