AS ’10’ MAIS

Quinta-feira, 31 de Março de 2016.

1ª)

Ontem o jatinho da Polícia Federal fez muita gente daqui, citada na ‘Lava-Jato’, não sair ontem de debaixo da cama. O alívio só desceu quando o avião subiu, já à tardezinha. Mas há quem diga que o ‘morcego negro’ pode voltar a qualquer instante como uma ave de rapina.

2ª)

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) que trabalha firme pelo ‘impeachment’ da Dilma virou o grande apaziguador das confusões na Câmara Federal, em Brasília. Ontem ele foi visto no meio da confusão armada entre as turmas do ‘pró’ e do ‘contra’, separando brigas e alertando que depois dessa tempestade pode vir a bonança.

3ª)

O PRP vai mesmo de Renatinho Gomes para a Prefeitura de Campo Grande. Ele assina ingresso no partido amanhã na Igreja Sagrado Coração de Jesus, na Mato Grosso. Ele me ligou pela manhã e disse que “No PRP nenhum cacique manda” e garantiu “Vou estar no segundo turno porque o eleitor desta Capital quer sangue novo na política”.

4ª)

No melhor estilo ‘uma no cravo, outra na ferradura’ o Governo do Estado desmentiu Alcides Bernal que quis jogar a culpa na administração competente do governador Reinaldo Azambuja, pela demora em aceitar o chamado ‘decreto emergencial’. Em nota o governo disse que “A demora é culpa da incapacidade da assessoria do prefeito que nem sabe elaborar um simples decreto emergêncial”. Bernal, que desta vez ‘cutucou a onça com vara curta’ teve que engolir seco a devolução da ofensa.

5ª)

Voltou pra casa depois de vários dias internado em São Paulo o ex-governador Dr. Pedro Pedrossian. Regressou em vôo particular, e já está em sua residência cercado pelo carinho dos familiares. Para os amigos há um aviso na porta: “Não o perturbem”. O guerreiro precisa descansar.

6ª)

Bernal e seu fiel escudeiro Paulo Pedra foram ontem em Brasília engrossar o coro de apoio à presidente Dilma. Os dois eram os foliões mais animados do pedaço, e se diziam ‘Dilma desde criancinhas’. Chegaram no final da festa, porque as vozes do Planalto dizem com todas as letras que Dilma cai em no máximo 45 dias.

7ª)

Hoje a Rede Municipal de Ensino amanheceu em greve. 80{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} das escolas estão fechadas depois de terem esgotadas todas as possibilidades de negociação com a prefeitura. E Bernal que se prepare para enfrentar uma turma ruidosa, disposta e animada em busca de aumento. Politicamente, essa é a chamada ‘pá de cal’ numa administração que nem saiu do chão.

8ª)

A Selco Engenharia que foi acusada de tapar ‘buracos-fantasmas’ nesta Capital, está muito bem na administração do Bernal, inclusive empenhou neste primeiro semestre 43 milhões de reais. É como diz o Pedra: “Dinheiro tem”. E… tem mesmo.

9ª)

O Governo do Estado pediu a criação da CGE (Controladoria Geral do Estado) que terá como missão ‘ficar de olho e fiscalizar obras, recursos e licitações estaduais’. É para acabar com aquelas homéricas ‘farras’ com o dinheiro público que fizeram o enriquecimento de algumas figuras folclóricas na administração passada.

10ª)

Pode estar chegando ao fim o drama da falta de merenda na REME. Embora as aulas tenham começado há 45 dias, e a criançada esteja na base do chazinho de ‘cidreira’ com bolachinha ‘água e sal’, a prefeitura está dizendo que irá concluir a compra da merenda. As dispensas das escolas, creches e ceinfs estão vazias. Isso virou regra na administração ‘tarja-preta’ do reconduzido.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui

Comentários

Comentários