Advogado é vítima de ataque fulminante e morre no meio da rua

Faleceu a instantes atrás, vítima de fulminante infarto do miocárdio, o advogado João Catarino (65).

Ele estava andando próximo ao Comando Geral da Polícia Militar, na região do Parque dos Poderes, quando se sentiu mal caindo ao chão.

Chamado o Corpo de Bombeiros, e constatada sua morte instantânea, eles removeram o corpo para o IMOL para os levantamentos de praxe.

Comentários

Comentários